1708255Na terça-feira, 22.08, uma embarcação com cerca de 48 pessoas naufragou nas águas do Rio Xingú, no Pará, deixando diversos desaparecidos. Uma confusão de contagem relatava inicialmente 70 pessoas à bordo, mas a defesa civil tem contado 23 sobrevimentes, 21 mortos e algo até 4 desaparecidos.

A embarcação 'Comandante Ribeiro' tinha saído de Santarém para Vitória do Xingu, com escala nos municípios de Monte Alegre e Prainha, mas naufragou entre os municípios de Senador José Porfírio e Porto de Moz. Segundo os presentes, uma tempestade girou e afundou a embarcação.

1708255bJá nesta quinta-feira, 24.08, a Capitania dos Portos da Bahia informou que uma lancha com cerca de 100 pessoas virou durante a travessia da Ilha de Itaparica para Salvador, deixando 22 mortos, 21 resgatados com vida e ainda 57 desaparecidos. Dentre os mortos estava um bebê.

O motivo deste naufrágio também incide sobre as condições climáticas. A embarcação, com o nome de Cavalo Marinho I havia saído da ilha e seguia para Salvador, fazendo a travessia comercial. As vítimas estão sendo encaminhadas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Mar Grande e para o Hospital do Subúrbio, em Salvador. As buscas continuam.

ATUALIZADA

Na sexta-feira (25) a informação é de que a marinha tinha informação oficial de que o barco levva apenas 2 passageiros. O dono admitiu que não fazia o controle corretamente. Até então, 21 pessoas morreram, 27 foram resgatadas vivas e 4 ainda estão desaparecidos. Totalizando, nem 70 ou 48, mas 52 pessos a bordo.