Reprodução Reprodução

O recente aumento no preço do barril de petróleo no mercado internacional pode causar aumento no valor dos combustíveis nos postos brasileiros.

Na última quinta-feira (20), o preço do barril passou dos 89 dólares, a maior cotação desde julho de 2014. Os valores fecharam com alta acumulada em mais de 10% apenas em 2022.  

Como a Petrobras tem política de seguir as variações do mercado internacional, é muito provável que a estatal fará novos reajuste para cima nos próximos dias, mesmo que isso gere ainda mais pressão sobre a inflação e agrave o descontentamento da população.

Analistas fazem previsões de que certas regiões do Brasil, a gasolina pode chegar a R$ 8,00 o litro.  

Entenda porque o combustível está aumentando

A nova onda do aumento do combustível no mundo está relacionada à fatores como desorganização do mercado com a queda da produção e o aumento da demanda. Mas, também há outros fatores secundários como as eminências de guerras nos países Europeus e os conflitos nos países do Oriente Médio.

Um dos principais impactos está vindo da possível invasão da Ucrânia por tropas da Rússia, por ser o segundo maior produtor de petróleo do mundo e pelos novos conflitos entre os rebeldes do Iêmen e a Arábia Saudita que também contribuem para a desestabilização do mercado.

Como nenhum desses fatores são causas de se resolver em curto prazo, analistas cogitam a possibilidade do preço do barril chegar a 100 dólares nos próximos dias.

Consequentemente esse aumento chegará nos postos de combustíveis no Brasil.

 CLIQUE AQUI E PARTICIPE DE NOSSOS GRUPOS DE WHATSAPP