Reprodução Reprodução

Um dia depois de ter anunciado troca no comando da Petrobras, o presidente Jair Bolsonaro afirmou neste sábado (20.fev) que "vai meter o dedo na energia elétrica". 

A sinalização de que pode haver mudanças no funcionamento do setor foi feita por Bolsonaro a apoiares quando chegou ao Palácio da Alvorada. 

"Vamos meter o dedo na energia elétrica, que é outro problema também", disse.