Pichetti Rui Vilani  Inez Trentin Zandoná    Outros

Imagem Ilustrativa

Infeliz é aquele, que nunca parou, para sentir um som vindo do além, um som meigo,  suave, que traduz um sentimento  oculto em nossos corações, ele simplesmente,  mexe com nossa alma, é um som com leveza, com grandeza, é a beleza profunda de quem nunca  o procurou,  é um sentimento,  impregnado de alegria,  ou quem sabe de tristeza...

Eu sou o pássaro,  autor de todas as músicas,  minhas notas não falham, e quando estou  altivo em meu  galho, mando  um recado a todos vocês:   por favor me escutem!!! Porque  na minha tristeza ou alegria, eu quero transmitir  aos sensíveis  rincões do mundo, um som... Um som que  busquei muito além de sua imaginação, posso dizer que busquei no  fundo de meu coração...

Por  favor me escutem, eu vou turbilhar  como os moinhos dos ventos,  nas adjacências dos cegos de amor, dos carentes, que imploram e pedem...  Não me abandonem,     isso  faz parte de minha  vida, vida muitas vezes,  insensata, carente  e preguiçosa...

E assim, começo o  meu espetáculo dizendo esse é o meu canto... Canoro,  eu sou o rei, que não erra notas, eu sou, o vigor, eu sou, uma vida que ninguem reconheceu, eu sou o pássaro, que canta, que alegra  e quem sabe, o pássaro que faz chorar... Eu sou o  dom da natureza, eu sou único que não sabe chorar, , sou o   único , que a beleza de  deus me ensinou  a fazer.

Sou humilde,  mas franco,  só eu sei fazer, não me olvide, não me humilhe, porque eu farei uma canção para você. Talvez,  sou estridente, mas busco o seu perdão,   por que é  assim que sei te agradar.  Eu sou o pássaro da vida, que muitas vezes ninguem quer me  escutar.

Eu estou em todos os lugares, já me vi  aos seus pés, na natureza, em sua vida, no céu, e muitas vezes, por incrivel que pareça, posso descer e colocar a coroa em sua cabeça, sem que você perceba, mas sempre estarei te amando e juntinho de você.

E para terminar esse poema do pássaro errante, esse poema de  amor... levante a cabeça, olhe aos ceús, verás que sou pequenino, sou fragil, sou aquilo que voce  nem quer olhar, mas lembre-se sempre, do meu canto, porque um dia você vai me  recordar. 

A grandeza de deus é imensuravel, transcende às nossas almas, e quando embebidos  somos, pela oração do nós e o altissímo,  recebemos inspirações divinas.

Neste momento íntimo de espiritualidade, valemos de um retiro da oficina de oração e vida, e  como presente, transbordamos  a essência que vem de deus... Nos agraciando com esta dádiva, o canto do pássaro... Ele vai muito mais além  que um poema, ele  representa  um presente  de  nosso pai maior.