0
0
0
s2smodern

 

Foto: ReproduçãoLocalizado à margem esquerda do rio que lhe empresta o nome o Vale do Araguaia, em sua porção matogrossense,é reconhecido como uma das regiões mais promissoras do estado, apresentando índices consideráveis de desenvolvimento econômico, alavancados pelo agronegócio, tendo como espinha dorsal a BR – 158.

Implantando e expandindo atividades econômicas como a pecuária, a agricultura o turismo e a agroindústria, a região caminha a passos largos e ágeis , rumo a o desenvolvimento pleno e sustentável.

Atualmente o Vale do Araguaia se caracteriza por ser detentor do maior incremento de área s cultivadas no Brasil,predominantemente em função da incorporação de solos degradados a os sistemas modernos de cultivo , com notável ascensão das culturas de soja, milho e algodão, além do desenvolvimento zootécnico do rebanho bovino. Em decorrência disso, as principais empresas exportadoras estão instaladas nos municípios da região.

Existem problemas? Obviamente que sim!

O Principal gargalo de entrave, a exemplo daquilo que ocorre nas demais regiões do estado, diz respeito a infra estrutura logística que carece de atenção governamental através de projetos estruturantes e efetivos investimentos financeiros.

Neste contexto, o aceno do Governo Federal em relação a implantação da FICO – Ferrovia de Integração Centro Oeste – é motivo de alento. O possível desenvolvimento das vias navegáveis da Bacia do Araguaia é outro projeto que igualmente anima a população local.

Com mais de 20% da área de soja cultivada no estado e em acelerada expansão, a região consolida-se como importante pólo de produção alimentar e crescimento econômico.

A intensificação do uso do solo tanto na agricultura quanto na pecuária; a integração lavoura -pecuária – floresta; o investimento racional na piscicultura aliados as condições naturais relativas a clima, solo e água, são fatores que permitam a execução das atividades agropecuárias com eficiência e sustentabilidade.

Isso tudo, combinado com a diversidade e capacidade de trabalho dos brasileiros que vivem e investem na região , transformaram o outrora esquecido Vale do Araguaia na “ bola da vez” como indutor e promotor do desenvolvimento.