Pichetti Rui Vilani  Inez Trentin Zandoná    Outros

Reprodução

O Instituto alemão Dalia pesquisou 9 mil internautas de 18 países sobre tatuagem e descobriu a porcentagem da população que possui desenhos na pele em cada um deles, estabelecendo um ranking, onde o país mais tatuado chega a quase 50% da população tatuada. 

Entre a população mundial, 38% do mundo tem tatuagens. Os italianos, seguidos dos suecos e norte-americanos, são os que mais gostam de eternizar palavras ou imagens na derme. O Brasil está em oitavo lugar no ranking.

Divulgação

A pesquisa também mostram que a maioria não faz apenas uma tatuagem e somente 25% tatua apenas uma vez, enquanto 75% têm duas ou até mais. A faixa etária que mais possui tatuagens é a dos adultos entre 30 e 49 anos. Sozinhos, somam 45% dos tatuados do mundo. 

Na maioria dos países, as mulheres costumam ser mais tatuadas do que os homens e as tattos também são mais populares entre aqueles com níveis mais altos de educação , diz o estudo.

As populações que mais tem tattos seguem a ordem decrescente da seguinte lista: Itália, Suécia, EUA, Argentina, Austrália, Espanha e dinamarca entre 40 a 50% da população e Reino Unido, Brasil e França acima de 30% da população.