Pichetti Rui Vilani  Inez Trentin Zandoná    Outros

Leia e se aprofunde nesse assunto

Foto: Assessoria

Baixa autoestima pode destruir o vínculo que você tem com outro. A boa notícia é que você pode aprender a lidar com a insegurança em um relacionamento, e você tem que olhar para dentro. Para entender quais das causas descritas acima deixam você se sentindo inseguro em seu relacionamento e como superá-lo, você precisará fazer alguma introspecção.

Se você se sentir sobrecarregado com a preocupação de que seu relacionamento está prestes a quebrar, você terá que gerenciar seu medo. Veja como você pode parar de se sentir inseguro sobre o seu outro significante:

Preserve sua independência

Para superar a insegurança, você deve lembrar de ter uma vida fora do relacionamento. Não quero dizer viver uma vida que desrespeite seu parceiro, ao contrário, ter hobbies externos ou manter contato com seus próprios amigos. Uma coisa inteligente a fazer é manter sua independência dentro da relação. Seu relacionamento deve ter limites.

Se passarem muito tempo juntos, seria sábio tirar um tempo para vocês se afastarem do seu parceiro e lembrar das coisas que você gosta de fazer sozinho. Lembre-se das coisas que te tornam especial. Você pode achar que ter um pouco de espaço e alguma auto confiança adicional pode fazer toda a diferença quando você está se sentindo inseguro em seu relacionamento.

Seu parceiro deve ter a liberdade de cuidar do seu bem-estar, e você também deveria. Vai progredir se vocês dois se sentirem realizados. Dê tempo para seus amigos e familiares, e permita que seu parceiro faça o mesmo.Nesse sentido, há muitas dúvidas que as pessoas têm em relacionamentos, e por isso acabam entrando em relacionamentos sugar, ou seja, Be Sugar.

Ser independente financeiramente também é importante, pois você sempre terá uma maneira de cuidar de si mesmo se precisar. Você nunca deve se perder em um relacionamento, não importa o quão sonhador o parceiro possa ser.

Aprenda a confiar em si mesmo

Quando você quer se sentir mais seguro, você deve aprender a confiar em si mesmo no relacionamento. O que isso significa é que você precisa confiar em seus sentimentos se a relação parece estar no seu fim. Confie que você pode tomar as decisões certas em outros aspectos do sindicato também.

Estar seguro em si mesmo ajuda você a ter uma mente clara para que você possa julgar corretamente quando é hora de tomar essas decisões. Você nunca deve basear uma situação importante em qualquer insegurança que você possa ter sobre si mesmo. Aprenda a confiar em cada pensamento lógico que você tem e aprenda a seguir em frente com isso também.

Lembre-se que você pode cuidar de si mesmo, não importa como seu parceiro vive sua vida. Tenha certeza de que não perderá seu senso de si mesmo.

Trabalhe sua autoestima

Estudos comprovam que pessoas com inseguranças de relacionamento têm baixa autoconfiança. Pode colocar um fardo no seu parceiro e afastá-lo. Sempre se esforce para melhorar a maneira como você se vê porque a autoestima é a espinha dorsal de alcançar seus sonhos e objetivos. Inseguranças fugiram quando a forte autoestima estiver presente, e se livrar delas pode salvar uma relação que pode estar sofrendo.

Pode levar um tempo para construir sua autoestima dependendo de quem ou o que a danificou em primeiro lugar, mas com o tempo, isso pode ser feito. Apenas fique um tempo sozinho, e saiba quem você é. Você vai descobrir que você é uma pessoa muito boa, afinal. Trabalhe para se sentir bem consigo mesmo.

A insegurança em uma relação devido à desigualdade percebida é um dos problemas mais fáceis de resolver. Você precisa conversar com seu parceiro. Diga a eles por que você se sente desigual e aborda maneiras de consertá-lo porque as chances são de que seu parceiro não notou. Sempre que possível, tente minimizar as desigualdades gastando mais tempo fazendo as coisas que te tornam único e construindo sua autoestima.

Se você gosta de você, é provável que seu parceiro ame você. Esteja ciente de se sentir indigno de seu outro significativo e resista à tentação de se criticar.