Pichetti Rui Vilani  Inez Trentin Zandoná  Tarcísio Tonhá  Outros

Imagem Ilustrativa

Em mundo que nos parece insano nós temos que fazer o esforço consciente e racional em cultivar os valores e ideias que temos em comum.

É preciso ter a noção que isso é difícil. Há dias em que só quero mandar todo mundo ao inferno e me fechar em meu próprio mundo.

Eu senti isso e irei sentir de novo. É preciso humildade pra reconhecer a própria humanidade e olhar o demônio que habita seu corpo nos olhos.

É preciso saber negociar com ele e reconhecer em si quando ele se manifesta. Nessas horas o silêncio é prudente.

Quando o demônio está dormindo e me sentir particularmente calmo e positivo, é hora de falar.

E assim tento agir não porque quero carregar as chaves do paraíso, mas sim por acreditar que a boa vontade e o otimismo são mais produtivos que o cinismo e o ódio.

Escrevo essas palavras com esperança. O demônio que habita em mim agora dorme.

Irei carrega-las no bolso para os momentos de tormento e tenho fé que permaneçam em minha mente quando o demônio acordar.