0
0
0
s2smodern

 

Foto: ReproduçãoFoto: ReproduçãoCom isso, após abrirem o mês (5 a 9) registrando média diária de 18,3 mil toneladas, as exportações da segunda semana caíram para pouco mais de 11,1 mil toneladas diárias – recuo de quase 40% de uma semana para outra.

Considerado o volume total exportado nos primeiros 10 dias úteis do mês (de um total de 21 dias úteis em setembro) – 147,375 mil toneladas – a média diária se encontra em, aproximadamente, 14,738 toneladas, um dos menores resultados dos últimos 13 meses.

Projetada para os 21 dias úteis de setembro, a média diária atual sugere embarques totais de 309,5 mil toneladas, resultado que, se confirmado, significará aumento da ordem de 3% sobre agosto passado (300,6 mil/t, pelos números reajustados da SECEX/ME), mas implicará em uma redução de quase 8% sobre setembro de 2018 (335,2 mil/t).

Ainda comparativamente a setembro/18, o preço médio atual (US$1.645,50/t) apresenta alta de, aproximadamente, 7%. Mas em relação a agosto passado permanece negativo em pouco mais de 1%, correspondendo ao menor valor mensal do segundo semestre de 2019.