Foto: Assessoria Foto: Assessoria

Realizado no último sábado,17 de abril, o Mega Leilão 10.021 da Estância Bahia, com 25.464 animais. Um volume expressivo que representa 16% a mais em relação a edição anterior. Foram 11.825 fêmeas e 13.639 machos.

“ Reunimos animais de muita qualidade, para atender os mais exigentes clientes do Brasil. Isto, só é possível, porque contamos com a confiança de pessoas que tem comprometimento e vocação pelo que faz e que, acreditam na Estância Bahia, principalmente na força do Mega Leilão para valorizar seus animais”. Maurício Tonhá 

Mais uma vez o Mega Leilão mobilizou a pecuária nacional. Investidores de 51 municípios de várias regiões participaram intensamente na aquisição dos animais, na audiência e prestigio do evento. Mato Grosso foi estado com maior nº de compradores.

O lote 63 da Fazenda Santa Thereza do município de Novo São Joaquim abriu o Mega Leilão, com 100 bezerros de desmame e peso de 272kg.Uma oferta especial vendida em 04 parcelas de R$ 1.000,00

A Fazenda Rio Bonito de Água Boa foi a maior vendedora do Mega com 2.604 animais entre machos e fêmeas. Destaque para 03 mega lotes que juntos somaram 1.690 garrotes

O Mega Leilão também contou com a participação da Giongo Pecuária que vendeu 400 novilhas nelore prenhes de angus. Cada fêmea foi vendida por R$ 4.400,00. A Giongo Pecuária ainda foi a maior investidora adquirindo 3.281 machos para o projeto de recria e engorda da Fazenda Marruá.

Bezerros Nelore, R$ 16,05 kg vivo. Garrotes Nelore R$ 13,80 kg vivo
Bezerras Nelore R$ 12,90 kg vivo. Novilhas Nelore R$ 11,86 kg vivo
Bezerros 1/2 Angus R$ 15,38 kg vivo. Bezerras ½ Angus R$ 14,13.
**Outras médias disponíveis no site www.estanciabahia.com.br

“O maior objetivo é oferecer qualidade em nossos serviços, seriedade, honestidade e liquidez absoluta. Temos a certeza que estamos no caminho correto e cumprindo com a nossa missão. Agradeço a todos pela oportunidade de ofertar animais de qualidade, a altura dos melhores empreendedores do Brasil e, em especial a Deus por servir a pecuária brasileira”. Maurício Tonhá-diretor da Estância Bahia Leilões