ReproduçãoReprodução

Uma reunião com lideranças da comunidade indígena Kayapo, no último sábado (19), definiu o retorno das atividades da balsa sobre o rio xingu ‘Estradeiro I’ e o rebocador ‘Estradeiro II’ em São José do Xingu (a 951 km de Cuiabá). A embarcação estava sem funcionar por medida de segurança contra o novo coronavírus.

As operações da balsa sobre o rio Xingu que liga a região Norte Araguaia ao extremo Norte de Mato Grosso pela MT-322 foram paralisadas no dia 25 de março por tempo indeterminado.

Após a reunião, os indígenas Kayapo que administram a embarcação disponibilizaram o informativo que traz a normalização das atividades a partir do próximo dia 29 de setembro. A liberação ocorrerá após manutenção da via e reparos no casco da balsa.

DivulgaçãoDivulgação

Os índios também solicitaram à prefeitura de São José do Xingu a montagem de uma barreira sanitária no local para promover as medidas de combate e controle a Covid-19.

Ainda de acordo com o informativo da administração da balsa, será seguido um protocolo de segurança contra o coronavírus que orienta o motorista a não sair do veículo, usar a máscara de proteção facial e manter o distanciamento social.