Foto: Assessoria PM 13º CRFoto: Assessoria PM 13º CR

Policiais militares do Batalhão Ambiental e agentes da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) encaminharam à delegacia de Água Boa, um homem por pesca predatória e porte ilegal de arma de fogo. Na ação foi apreendido um rifle calibre 22.

Os agentes realizavam uma operação na comunidade de Serrinha no sábado (12.09) quando pararam o motorista de uma caminhonete F-4000 que carregava um barco.

Ele disse que tinha sido contratado para fazer um frete e levaria o material para a cidade Nova Xavantina. Nesse momento, um homem se apresentou dizendo que ele teria solicitado o serviço. Alegou que seriam tralhas de pesca.

Durante a vistoria no veículo foi encontrada a arma de fogo e uma grande quantidade de pescado. Na pesagem foram constatadas que 51 matrinchã, cerca de 25 quilos - estavam fora da medida permitida por lei, além de dois cacharas sem cabeça

O homem alegou desconhecer que tinham peixes fora da medida e que não tinha o documento de origem do pescado.

Foram emitidos autos de inspeção e infração, termo de apreensão e multa de R$ 8.640,00. O motorista foi caracterizado como testemunha no boletim de ocorrência.