ReproduçãoReprodução

Um caminhão carregado com cerca de 37 toneladas de fertilizantes adulterados foi apreendido pela Polícia Civil, no final da tarde de quarta-feira (02.09), na zona rural de Nova Mutum. Na ação do Grupo Armado de Resposta Rápida (Garra), o suspeito, de 43 anos, que conduzia o veículo foi conduzido para esclarecimentos.

As investigações iniciaram logo após a Polícia Civil receber denúncia sobre um veículo FH Volvo, engatada em dois semi reboques, que descarregaria uma carga de produtos tipo adubo em uma propriedade rural de Nova Mutum. Segundo as informações, os fertilizantes foram adulterados depois de serem carregados na cidade de Rondonópolis.

Diante dos fatos os policiais civis foram até a fazenda, onde localizaram o referido veículo iniciando o descarregamento do adubo. Questionado sobre a procedência e o trajeto feito desde o momento do descarregamento até a chegada na fazenda, o motorista demonstrou nervosismo entrando em contradições por diversas vezes.

Durante as perguntas, o condutor revelou que a carga de 37 toneladas que estava no caminhão teria sofrido adulteração, e ele receberia o valor de R$ 3 mil para participar da ação criminosa.

Diante dos fatos o suspeito foi conduzido para delegacia da Polícia Civil onde foi interrogado para esclarecimento dos fatos. Um inquérito policial para apurar crime de estelionato foi instaurado e as diligências continuam para identificar e prender outros envolvidos.