ReproduçãoReprodução

O Indea informou a ocorrência de novo foco de raiva bovina em animais de uma fazenda na divisa com Água Boa.

Com isso, o Indea estendeu o perifoco para algumas fazendas que ficam no município de Água Boa. Segundo o Instituto, os produtores que não tem histórico de vacinação do gado, devem providenciar imediatamente nesse serviço.

Após a aplicação da vacinação contra a raiva no rebanho, o produtor deve fazer a comunicação ao Indea. O foco foi constatado na região da estrada do Auto Posto Rei da Estrada.

Diante do quadro, as fazendas mais próximas devem procurar os técnicos do Indea sobre a necessidade de vacinar o gado de forma preventiva. O histórico de vacinação em Água Boa é satisfatório, porém, no ano passado, vários focos surgiram no município e na região.

Isso ligou o sinal de alerta entre os técnicos do Indea, que prestam todo o serviço necessário para controlar a raiva na região. A doença é transmitida por um morcego hematófago e pode também infectar seres humanos.

Por isso, os pecuaristas devem evitar contato com animais doentes.