Imagem IlustrativaImagem Ilustrativa

Sobre a operação realizada no município de Santa Terezinha, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) esclarece:

Durante operação realizada pela Regional da Sema de Confresa a equipe recebeu a denúncia de uma madeira sem origem que estava sendo usada para a construção de um curral. Diante da denúncia, a equipe se deslocou até a propriedade rural onde foi encontrada uma pilha de madeira em formato de mourões e palanques para o curral, tendo, inclusive, já iniciado a edificação.

A madeira foi apreendida e o proprietário ficou, na ocasião, como fiel depositário até a equipe retornar ao local para buscar a carga, nos dias subsequentes. Devido ao acidente ocorrido na BR-158, em que culminou no óbito dos servidores Luiz Carlos Rodrigues de Campos, diretor da DUD Confresa, e Pedro Ferreira dos Santos houve um atraso na conclusão da fiscalização.

Ao retornar na propriedade rural, uma equipe formada por servidores da Sema e Polícia Militar de Confresa constatou que o proprietário havia terminado de construir o curral de forma irregular, com a madeira que estava apreendida pela Sema. Desta forma, o curral foi desmanchado, a madeira retirada do local e o proprietário autuado.

Veja: Vídeo denuncia órgão desmanchando curral de pequeno produtor de Santa Terezinha