Foto: AssessoriaFoto: Assessoria

Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR-MT), em parceria com o Sindicato Rural de Gaúcha do Norte-MT, promoveu o treinamento de Operação de Veículo Aéreo Não Tripulado – DRONE nos dias 17 e 18 de fevereiro. O evento aconteceu na sede do próprio Sindicato e abordou amplamente a aplicabilidade do equipamento na atividade rural.

Ministrado pelo instrutor, mestre em Engenharia Florestal, Thamylon Candido Dias, o treinamento abordou conceitos, componentes da aeronave, legislação vigente, boas práticas de segurança, técnicas de pilotagem e noções básicas de processamento digital de imagens.

O drone é uma ferramenta cada vez mais presente no meio rural. “Ele é um robozinho que voa e capta dados que quando bem utilizados podem auxiliar na tomada de decisão. O drone possibilita trabalhos com mapeamento, monitoramento de pragas, doenças, contagem de estande, de indivíduos, a parte de pulverização com o drone, distribuição de inimigo natural, dentre várias outras aplicações. Ele vem como uma ferramenta de captação rápida de dados para auxílio na gestão na tomada de decisão do produtor rural, trazendo assim ganhos em produtividade, em escala de tempo, diminuindo a necessidade de mão de obra no campo e trazendo maior assertividade para a agricultura de precisão como um todo”, apontou o instrutor que é de Campo Grande-MS.

Sobre a realização do curso no município, o instrutor afirmou, “o treinamento foi fantástico, gostei muito de conhecer a cidade, as pessoas. É uma cidade difícil de chegar mas que quando a gente chega a gente vê um potencial muito grande do desenvolvimento da cidade, o agronegócio é pujante e o uso de tecnologias como o drone aliado a outras tecnologias do agronegócio e da agricultura de precisão podem trazer ainda mais ganhos para o município que tem uma aptidão agrícola muito grande. Estou muito feliz de ministrar o curso e que esses conhecimentos possam servir para trazer um diferencial no município.

“Em nome do presidente do Sindicato Rural, Josenei Zemolin, agradecemos e parabenizamos a todos os produtores, familiares participantes do curso. Parabenizamos o instrutor pelo excelente trabalho”, apontou a mobilizadora do Senar, Lázara Glésia Rodrigues.