0
0
0
s2smodern

Foto: PMFoto: PM

Uma mulher de 18 anos foi acusada de atropelar um menino de 3 anos, no bairro Vila Nova em Água Boa, na noite de quarta-feira (06.02), por volta das 19h. Não foi informado o estado de saúde da criança.

Quando a polícia foi chama a familia ja estava com o menino no Hospital Regional, onde a mãe denunciou que uma mulher em um veículo Ford Pampa de cor prata havia atropelado seu filho D.R.P. e fugido sem prestar socorro, rumo a represa do Vila Nova.

Por meio de denúncia de terceiros a Polícia Civíl conseguiu identificar a residência do proprietário do veículo no bairro Guarujá Expansão. O proprietário J.E.V.S disse que emprestou seu carro para a suspeita T.M.R. sabendo que a mesma não possuía carteira de habilitação para dirigir.

No bairro tropical, ao perceber a abordagem da polícia, a suspeita T.M.R. fugiu pulando o muro de várias residências, porém mais tarde se apresentou no CISC. Ela foi acusada de lesão corporal na direção de veículo, omissão de socorro em acidente e por dirigir sem CNH.

Ainda na casa do proprietário do carro, seu filho  L.A.V.S, de 23 anos, não soube explicar a procedência de um aparelho celular sem nota fiscal. O primeiro foi acusado de entregar a direção para pessoa sem permissão de dirigir e o rapaz de ocorrência de natureza diversa.

Ao final, todos foram encaminhados para as devidas providências de cada caso. A suspeita do atropelamento disse não ter tido intenção de atropelar o menino.