0
0
0
s2smodern

Foto: Araguaia NotíciaFoto: Araguaia Notícia

Um jogo eletrizante com cinco gols marcou o reencontro do time do Araguaia com a vitória no Campeonato Mato-grossense 2019, na tarde de domingo (3/2), no estádio Zeca Costa em Barra do Garças. E foi debaixo de muita chuva, no segundo tempo, que o Galo da Serra conseguiu superar o Operário Futebol Clube de Várzea Grande no placar, em 3 a 2. A última vitória do Araguaia tinha sido em janeiro de 2017 contra o mesmo Operário-FC na abertura do Estadual daquele ano.

Depois disso, o time barra-garcense não venceu mais. Foram dois anos sem vencer fato que deixou a torcida bastante chateada. Em 2018, o Araguaia passou toda competição sem vencer e só não caiu porque dois times da capital foram rebaixados por usarem jogadores irregulares.

Neste ano parece que a situação melhorou dentro de campo e a torcida voltou a sorrir. Invicto na competição, com dois empates, o Galo conseguiu se impor diante do Operário FC. O primeiro gol foi marcado por Kleyton Maranhão para o Galo após um chute de fora da área que pegou no travessão e entrou.

O rubro-negro de Várzea Grande revidou na sequencia após uma falha de marcação do Galo, o atacante Romário aproveitou um cruzamento na área e empatou o jogo em 1 a 1.

No segundo tempo, o Araguaia voltou determinado para conquistar a vitória e marcou logo no início com Kleyton Maranhão batendo um pênalti, 2 a 1. Só que o Operário não se entregou e continuou rondando a área do Galo e empatou novamente com Romário aproveitando um rebote do goleiro Mário.

Foi aí que começou uma chuva fortíssima no estádio Zeca Costa fazendo com que vários torcedores fossem para debaixo da arquibancada. Só a torcida organizada Esquadrão permaneceu firme empurrando o Galo. A bola rolou muito pouco na chuva, mas o Galo foi feliz num cruzamento do lateral Chagas em direção ao gol que acabou entrando, marcando Araguaia 3 a 2.

A partir deste instante, Araguaia administrou o resultado debaixo de muita água com a visibilidade reduzida no jogo para os dois times. E assim o Araguaia sacramentou a sua vitória depois de dois anos.

FMF leva renda para pagar arbitragem

Um detalhe muito triste para realidade do futebol de Mato Grosso, principalmente para os times do interior. Havia uma promessa de patrocínio da Federação Mato-grossense de Futebol para arbitragem e que a renda ficar integralmente com o time mandante porém isso não aconteceu. Enquanto a torcida comemorava a vitória, a diretoria do Galo estava brigando com representantes da FMF por causa da renda.

Foram arrecadados R$ 7.420,00 com a bilheteria dos quais cerca de 6.086,0O foram ‘levados’ ou utilizados pela FMF para pagar a arbitragem.

O presidente Celso Souza reclamou desta situação. “Os times do interior dependem dessa renda para pagar salários e compromissos das equipes e havia uma promessa de patrocínio para arbitragem. Disseram que o patrocínio não deu certo e agora estão usando a renda para pagar arbitragem. Essa decisão prejudica nossa equipe e certamente vários times de MT”, destacou Celso.

"Nos dois jogos do Araguaia em casa, foram levados de 7 a 6 mil reais da renda para pagar arbitragem e o time não está ficando com nada”, frisou.

Deste jogo com Operário, o Galo ficou apenas com R$ 734,00. “Esse valor é muito pouco diante dos compromissos que temos. Desse jeito a FMF está inviabilizando o futebol para os times do interior”, frisou. A diretoria do Araguaia informou que vai procurar a FMF para rever essa situação urgentemente.