0
0
0
s2smodern

Foto: ReproduçãoFoto: ReproduçãoA Central de Regulação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) reforçou a sua equipe ao aumentar o quantitativo de profissionais para atender às chamadas de emergência durante o feriado de carnaval.

Em dias comuns, a Central atende aos chamados na região metropolitana de Cuiabá e atua com tele atendentes (profissionais que atendem às linhas telefônicas) e cinco médicos. Com o reforço, o número de profissionais no tele atendimento sobe para oito, sendo quatro no período diurno e outros quatros no período noturno. 

Além disso, os municípios de Cuiabá, Chapada dos Guimarães, Poconé, Santo Antônio de Leverger e Várzea Grande receberam uma unidade de suporte avançando (ambulâncias altamente equipadas) com Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A unidade móvel conta com três profissionais; um médico, enfermeiro e condutor socorrista para prestar os atendimentos de emergência. 

De acordo com a coordenadora do Samu, Valéria Cristina da Silva, o objetivo das equipes é dar condições adequadas aos atendimentos pré-hospitalares em todos os casos de urgências e emergências para todas as pessoas que sofrem algum tipo de acidente. 

Dados do Samu apontam que, nos últimos dois anos, houve uma considerável redução no número de atendimentos durante o período de carnaval. Em 2017, foram realizados 325 pedidos de socorro, enquanto em 2018, foram registrados 235 casos - uma redução de 27%. Embora o número de pedido de socorro tenha apresentado queda e a unidade esteja reforçando a sua estrutura para conseguir atender neste feriado, a sociedade deve estar atenta para evitar incidentes.

O consumo excessivo de bebidas alcoólicas ainda é o fator que mais alavanca os registros de ocorrência. Médico que atua há cinco anos na coordenação de atendimento do Samu, Otávio Augusto Góes Fernandez relata que os acidentes acontecem porque estão relacionadas ao consumo de álcool e entorpecentes. "Com isso, aumentam os casos de acidente envolvendo veículos automotores e agressões por armas de fogo”. 

Recomendações básicas

1º Se beber não dirija, pois nessa época do ano os índices de acidentes que envolvem os veículos automotores são maiores e sempre estão relacionados à ingestão de bebida alcoólica. Logo, evite beber e, caso beba, evite pegar no volante, vá de carona, use o transporte público ou eleja um motorista da rodada que não tenha ingerido álcool;

2º Abuse da hidratação, beba pelo menos 2 litros de água por dia, coma frutas e evite comidas gordurosas, pois dificultam a digestão;

3º Descanse ao menos oito horas antes de pular o carnaval, pois o corpo precisa se recuperar do desgaste gerado pela festa;

4º Opte pelo sexo seguro e use sempre preservativo;

5º Caso sinta algum mal-estar, procure atendimento médico nos postos de saúde ou policlínicas.

Serviço

A Central de Atendimento do Samu funciona 24 horas e durante os feriados. O pedido de socorro pode ser feito pelo fone 192, a ligação é gratuita e pode ser feita de um telefone público ou celular. É feito atendimento de urgência e emergência em residências, locais de trabalho e em vias públicas com equipes de profissionais de saúde, como médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e socorristas, que atendem às urgências de natureza traumática, clínica, pediátrica, cirúrgica, gineco-obstétrica e de saúde mental.