0
0
0
s2smodern

ReproduçãoReprodução

O “Aprender Inglês”, pode significar diferentes objetivos para as pessoas.

Alguns buscam aprender um idioma para atender suas necessidades ou exigências escolares, acadêmicas, ou mesmo profissionais, que exijam uma grande dose de conhecimentos gramaticais, vocabulares, e estéticos, e assim, necessitam ter grande habilidade de escrita e leitura, e um mínimo de exigência em relação a sua habilidade na comunicação oral.

Outros, no entanto, querem aprender um idioma, tendo em vista a sua necessidade ou prazer em falar com naturalidade o idioma escolhido, sentir-se à vontade na presença de estrangeiros, assistir filmes sem legendas, construir laços internacionais de amizade, namorar, e em resumo, funcionar naturalmente como um ser humano comum.

No primeiro caso, a busca por uma escola convencional será suficiente para proporcionar o armazenamento e o conhecimento a respeito da estrutura gramatical na sua forma escrita, principalmente, progredindo em um compasso pré-determinado, memorizando vocabulário, expressões, e regras gramaticais, buscando ler, falar e memorizar oralmente esses conteúdos de forma mecânica, o que proporcionará uma baixa espontaneidade na comunicação oral – o aprendiz sempre estará processando as informações, utilizando a língua portuguesa como ponte e referência.

No segundo caso, os interessados deverão usufruir do método identificado por:” language acquisition”, assimilação do idioma, ou “natural acquisition” , assimilação natural.

Esse método ou processo é equivalente à assimilação da língua materna pelas crianças. Significa aprender a estruturar e a reestruturar o pensamento na forma de um novo idioma. Usa-se mais os ouvidos do que os olhos. Foi o que aconteceu com você: nasceu e passou a ouvir e a ver conversar, objetos e fenômenos ao seu redor, para então expressar as primeiras palavras.

banner gobuddy smallbanner gobuddy small

De forma similar, o processo da “natural acquisition” por um adulto, proporcionará ao aprendiz primeiro a habilidade de interpretação oral, para em seguida desenvolver a habilidade da fala. Naturalmente que o processo de assimilação de um idioma, não levará tanto tempo quanto um bebê leva para aprender a falar certo?

No processo da assimilação natural de um idioma, utilizamos estímulos visuais: imagens, objetos, vídeo clips curtos, e mesmo gifs, passando ao aprendiz os padrões orais correspondentes a cada uma dessas situações, acrescentando aos padrões básicos mínimos, informações sobre ações correspondentes, produzindo sentenças e estimulando o aprendiz a produzir respostas a perguntas, no idioma que está sendo assimilado. Os resultados são extremamente estimulantes, tanto para o tutor como para o aprendiz.

Naturalmente que o embasamento gramatical, vocabular e estético na forma escrita nunca será desprezado ou relegado, porém, não será o objetivo principal da assimilação.

Esse processo de escrita e leitura só será desencadeado após a assimilação e o bom desempenho oral do aprendiz, do conteúdo de determinados módulos. Faz-se como se faz com as crianças: primeiro aprender a falar e a entender e em seguida, aprender a ler e a escrever.

Marcio Ceretti é pedagogo, especialista em planejamento e docência para instituições de nível superior, e é certificado pelo Conselho Britânico e pela Universidade de Michigan