Banner Artigos
0
0
0
s2smodern

Foto: ReproduçãoFoto: ReproduçãoA FICO - Ferrovia da Integração Centro Oeste, é, sem sombra de dúvidas, a maior obra estruturante prevista para a região do Vale do Araguaia. Segundo dados oficiais do IMEA - Instituto Matogrossense de Economia Agropecuária, a produção de grãos desta região representa 32% de toda a produção de Mato Grosso, com potencial de incremento de 50%, nos próximos anos, projetando-se uma produção de 30 milhões de toneladas na safra 2025/26.
Ciente da importância desta obra, a Câmara Municipal indicou e o Deputado Estadual Neninho, convocou uma Audiência Pública para discutir o traçado da ferrovia.
Coube ao Prefeito Municipal Mauro Rosa, utilizar de seu carisma e capacidade de mobilização para garantir o sucesso do evento a o qual compareceram cerca de 300 lideranças dos setores do agro e empresarial , 18 prefeitos e dezenas de vereadores.
Varias palestras tecnicas foram proferidas por representantes da ANTT , ANTF - Agências de Transportes Terrestres e Ferroviarios, com destaque para as participações do Senador Wellington Fagundes e do ex diretor do DNIT , Luiz Antônio Pagot.
A FICO tem como objetivo tornar-se uma opção logística ferroviária para o escoamento da produção de grãos da região Centro-oeste, maior produtora nacional, para os grandes portos brasileiros, permitindo a partir de sua ligação com a Ferrovia Norte Sul, o acesso à toda a malha ferroviária nacional.
Futuramente um projeto audacioso prevê a FICO como integrante da Ferrovia Transoceanica, partindo do Rio de Janeiro no Oceano Atlântico e atingindo os portos Peruanos do Oceano Pacífico , reduzindo assim significativamente os custos do transporte de grãos e minérios, exportados para a Europa e a Ásia.
Com foco no trecho de 377 km , interligando o estado de Goias, a partir de Campinorte com Água Boa MT, a Audiência Pública ratificou o traçado atual, cujo projeto e licenciamento ambiental estão concluídos.
A o final do evento, ps participantes subscreveram um documento que será encaminhado às autoridades competentes, recomendo a implantação da obra e a necessidade de execução do projeto.
Após anos de expectativas a região do Araguaia vivencia momentos de otimismo e de maneira extraordinária através de um grande evento público mostrou ao Brasil que seus cidadãos disseram sim: nós queremos e necessitamos da ferrovia.